A rádio Notícias Gerais Esportes Segurança Promoção OUÇA A RÁDIO
AO VIVO
OUÇA A RÁDIO
AO VIVO
Mande seu recado
telefone 54 3461.9700 whatsapp Whatsapp
54 9917.39090

I Fórum RH foi palco de cases de sucesso na Gestão de Pessoas

Públicado em 09 de outubro de 2019


I Fórum RH foi palco de cases de sucesso na Gestão de Pessoas

Créditos: Maíla Facchini – Quarto Estúdio

Evento aconteceu na sede da ACI  


Carlos Barbosa- A noite do dia 7 de outubro foi de vasto conhecimento para os presentes no I Fórum RH – Compartilhando Práticas de Gestão de Pessoas, realizado pela Associação do Comércio, Indústria e Serviços de Carlos Barbosa – ACI. O evento, que teve como intuito valorizar a prática dos Recursos Humanos, apresentou os cases das empresas Tramontina, Santa Clara e Galvanotek. Antecedendo a explanação das empresas, a Umana Brasil esclareceu dúvidas acerca de trabalho temporário e terceirizado.

“Temos consciência da importância que as pessoas têm para os nossos negócios, nossas indústrias. Esse evento é para tratar a maior riqueza que temos em nossas corporações: o Ser Humano. Sempre vamos precisar de colaboradores comprometidos e, acima de tudo, satisfeitos”, pontuou a presidente da ACI, Marisa Kaspary Zanatta, na abertura do I Fórum RH.

Trabalho Temporário x Trabalho Terceirizado

Com 22 anos de atuação, sendo destes 13 no Brasil, a empresa Umana Brasil – Assessoria e Consultoria de Recursos Humanos ltda. Apresentou as vantagens do trabalho temporário e do terceirizado baseada em seu know-how e números como 25 mil trabalhadores alocados ao mês ao redor do mundo. “O Brasil tem 45 anos de história da modalidade do trabalho temporário, sendo pioneiro nesse tipo de contratação. Mas ainda não enxergou o seu potencial, a ferramenta ficou estagnada e não tivemos uma reforma que pudesse atualizar essa legislação”, explanou o CEO da Umana, Cristian Giuriato.

Recrutando mão de obra para empresas como Colombo, Americanas, Walmart, Fiat e as unidades da Tramontina, a Umana Brasil defende o trabalho temporário como uma maior flexibilidade para as empresas. “É garantia para as pessoas e respeito aos direitos dos trabalhadores. Uma flexibilidade organizacional que vira eficiência de custos e resultados”, finalizou.

Cases :

Carlos Barbosa figura pela sétima vez consecutiva em índices de Desenvolvimento Social e grande parte disso se deve à cultura de valorização do ser humano nas principais empresas da cidade. No I Fórum RH, Tramontina, Santa Clara e Galvanotek apresentaram seus cases de gestão de pessoas. As duas empresas centenárias e a jovem indústria de plásticos apresentaram dados que fortaleceram a máxima de que a formação e capacitação dos colaboradores garantem sólidas equipes.

Abrindo a apresentação de cases, Clarisa Trombini, gestora de Recursos Humanos da Tramontina, apresentou dados da empresa. “Tudo o que a Tramontina faz, passa pelas pessoas. As pessoas são a razão de ser da Tramontina”, pontuou, enfatizando programas que envolvem desde maternidade e paternidade responsável até a formação nas iniciativas e recursos do Centro Educacional Ivo Tramontina.

Em um modelo organizacional diferente, a Cooperativa Santa Clara apresentou através de Luciane Tonin Mecca suas duas vertentes de programas: para funcionários e também associados. “Temos todo um rol de programas para funcionários e também para associados, sendo tudo duplicado na Santa Clara. Há gestão de RH e do departamento de política leiteira, porque entendemos que os sócios produtores de leite são a razão de ser e existir da Santa Clara”, explicou.

Mais jovem das empresas, com 28 anos no mercado, a Galvanotek trabalha, em suas duas unidades fabris (Carlos Barbosa e Barão), um olhar diferenciado para os seus 490 funcionários. Através da criação do instituto Dileta Menetrier Bragagnolo, a empresa saiu da mesmice e voltou olhares diferentes para as pessoas. “Temos o Projeto Aprender, que me oportunizou conversar com todos os funcionários da fábrica, conhecer os seus anseios e lançar olhares diferentes para o que eles querem aprender”, explicou Maura Fernanda Bragagnolo.

Mais detalhes sobre o Fórum RH e também os cases das empresas poderão ser conferidos na edição de dezembro da Revista ACI.


Compartilhe:
Facebook | Twitter | Google+

OUTRAS NOTÍCIAS