A rádio Notícias Gerais Esportes Segurança Promoção OUÇA A RÁDIO
AO VIVO
OUÇA A RÁDIO
AO VIVO
Mande seu recado
telefone 54 3461.9700 whatsapp Whatsapp
54 9917.39090

Prefeitura de São Vendelino publica nota explicando caso sobre bombeiros e equipamentos recuperados

Públicado em 21 de agosto de 2019


Prefeitura de São Vendelino publica nota explicando caso sobre bombeiros e equipamentos recuperados

Créditos: divulgação

São Vendelino - Na quarta-feira, dia 14, pouco antes do meio dia, o comando da corporação procurou a municipalidade informando que não mais atenderia ocorrências com quadro efetivo, a partir da manhã seguinte. Na manhã de quinta-feira, 15, pouco antes da intervenção, a então vice-presidente da corporação, Morgana Colassiol, foi à mídia local e anunciou que não haveria mais atendimento de urgências e emergências pelos bombeiros, por conta do não convênio com a EGR, e o consequente atraso no pagamento do salário dos bombeiros em questão.

A municipalidade, através de decreto do prefeito, às 8h da manhã do dia 15, passou a ter a gestão da corporação. Desta maneira, os bombeiros, passaram a ser responsabilidade do município, sendo nomeado como interventor Paulo José Schaefer. Este, que foi presidente da corporação em outros momentos da história, com o apoio da municipalidade, tratou de chamar os voluntários, das antigas, e também os servidores municipais que tenham habilitação para dirigir ambulância e outros veículos.  O prefeito Evandro Schneider, foi à Câmara de Vereadores, dialogando também com os edis a respeito da situação ocorrida nos bombeiros.

Desfibrilador da prefeitura é recuperado depois de anos

No começo do mês de agosto, mesmo estando longe do Brasil, em férias, o prefeito de São Vendelino, Evandro Schneider foi notificado pelo diretor da empresa Bravos Treinamentos (Fabrício Facchini) de que um homem estava em sua empresa para vender um desfibrilador. E o tal equipamento usado para casos emergenciais ligados a pacientes cardíacos se assemelhava ao que havia desaparecido e que pertencia ao município de São Vendelino.

O setor jurídico da prefeitura, juntamente com o secretário de saúde, Inácio Lírio de Souza, foram verificar o caso de perto. E por precaução foi acionada a polícia, através da Brigada Militar, que reteve o equipamento para averiguação. O equipamento era o mesmo que foi deixado pela prefeitura de São Vendelino, para conserto, em uma empresa de Caxias do Sul. A falta do equipamento virou denúncia ao Ministério Público no começo de 2017 e o secretário Lírio condenado a fazer o pagamento do mesmo. Agora, com a restituição do mesmo equipamento, fica contraposta a denúncia de que o equipamento havia desaparecido em São Vendelino, e, sob responsabilidade de Souza.

O desfibrilador, em posse da polícia, foi restituído ao município nesta segunda feira, 19. O caso está sob avaliação judicial, devendo ser ouvidos todos os envolvidos, afinal, o equipamento estaria sendo vendido e a sua origem era incerta.



Compartilhe:
Facebook | Twitter | Google+

OUTRAS NOTÍCIAS